sexta-feira, 2 de março de 2018

Funcionários da ONU exigem sexo ao entregar alimentos para mulheres e crianças na Síria

Publicado por: RT
Tradução: Jean A. G. S. Carvalho

Mulheres e crianças sírias em fila de espera para receber alimentos em ajuda humanitária (fonte da foto: Reuters)

Muitas mulheres sírias estão recusando a ajuda humanitária na tentativa de evitar o abuso sexual


Na Síria, um grande número de mulheres e meninas estão sendo exploradas sexualmente pelos responsáveis pela ajuda humanitária. Trabalhadores humanitários locais, contratados por agências das Nações Unidas e outras organizações internacionais, retém alimentos e itens básicos recebidos para trocá-los por favores sexuais. As viúvas, divorciadas e deslocadas são as mais vulneráveis, segundo denúncia feita em um relatório o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA, por suas siglas em inglês).

Além disso, foram descobertos casos de mulheres ou meninas que foram obrigadas a se casar com os distribuidores por um curto período de tempo para receber alimentos, enquanto que outros funcionários exigem os números de telefone de suas vítimas para levá-las para casa para obter "algo em troca".

As agências e organizações atingidas por este escândalo afirmam que seguem uma política de "tolerância zero" e que não estavam cientes de qualquer caso de abuso por parte de seus funcionários na Síria. Mas os funcionários que trabalham em campo dizem que a exploração sexual é tão generalizada que algumas mulheres se recusam a ir a centros de distribuição humanitária na tentativa de evitar o assédio sexual.

Algumas agências fazem vistas grossas diante da exploração sexual porque o uso de colaboradores locais é o único meio de prestar assistência aos locais mais perigosos da Síria, nos quais a equipe internacional não pode entrar. Este tipo de exploração sexual já havia sido relatado em 2015, mas a situação ainda persiste, lamenta o UNFPA.



Postado originalmente em espanhol no site Rt.com



Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Visitas

Marcadores