sexta-feira, 7 de abril de 2017

Ron Paul: 0% de chances de Bashar estar pro trás do ataque químico na Síria





Nessa quinta-feira [06/04/2017] no programa "Ron Paul Liberty Report", o ex-deputado Ron Paul sugeriu que o uso de armas químicas no início desta semana poderia ser uma ação de false-flag [falsa bandeira] criada para culpar o governo sírio.

 

Ron Paul chegou a declarar que não há chances de o presidente sírio Bashar al-Assad ser o culpado pelos ataques químicos recentes, porque não faria sentido para ele usar armas químicas nesse momento. 

"Dei uma olhada no The New York Times para ter alguma explicação, e lá eles diziam, numa manchete: 'O Pior Ataque Químico na Síria em Anos - Os EUA Culpam Assad", disse Paul.

"Então é isso e pronto? Mas não é assim tão fácil, não é mesmo? O que aconteceu há quatro anos em 2013? Você sabe, essa coisa toda sobre ele ter ultrapassado a Linha Vermelha. E, desde então, os neoconservadores estão gritando e gritando - até mesmo parte do governo gritou e gritou sobre Assad usar gás venenos contra seu povo há quatro anos. Não é bem verdade. Isso tudo nunca foi provado".

"Pra Assad, não faz nenhum sentido usar de repente, nessas condições, gases venenosos", continuou. "Eu acho que as chances de ele ter feito isso são zero; você sabe disso deliberadamente. Mas também podemos perguntar isso para um senador que seja famoso pela política externa. Podíamos perguntar a John McCain, pedindo para que ele explique isso. Ele achou alguém para colocar a culpa. E eu não sei por que ele jogou a culpa disso no presidente".
    
"McCain diz culpar Trump", acrescentou Paul. "Pra ele, isso tudo é culpa do Trump, porque ele não foi suficientemente agressivo." 




Postado originalmente em: BreitBart


 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Visitas

Participe do nosso Fórum Online

Siga-nos no Facebook