domingo, 3 de abril de 2016

Chesterton: "O capitalismo destruiu a Família"

"Aquilo que destruiu a família moderna foi o Capitalismo"

"Nunca será suficiente repetir que aquilo que destruiu a família no mundo moderno foi o Capitalismo. Sem dúvidas, isto poderia ter sido feito pelo Comunismo: isso se o Comunismo tivesse tido alguma oportunidade de crescer fora do ambiente semi-mongólico onde atualmente floresceu.  Mas, sobre  aquilo no qual somos tão preocupados, o que realmente causou a quebra do lar e encorajou o divórcio, que tratou as antigas virtudes domésticas com mais e mais desprezo, foi a época e o poder do Capitalismo

Foi o Capitalismo que forçou o feudo moral e a competição comercial entre os sexos; foi ele quem destruiu a influência dos pais em favor da influência do patrão; que conduziu o homem de sua casa à procura de empregos; que forçou-os a viver perto de fábricas e firmas, ao invés de estarem próximos às suas famílias; e, acima de tudo, foi o Capitalismo que encorajou, por razões comerciais, a exibição de publicidade e novidades espalhafatosas, que, em sua própria natureza, são a morte de tudo aquilo que é, por nossas mães e pais. chamado dignidade e modéstia.". 

– G.K. Chesterton

(Traduzido por: Jean Augusto G. S. Carvalho)


Fonte: Three Foes of the Family, páginas 442-445. 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Visitas

Participe do nosso Fórum Online

Siga-nos no Facebook